Dietas

Dieta da Nasa – Perca Até 20 kg Com a Dieta da Nasa

Dieta da Nasa – Perca Até 20 kg com a Dieta da Nasa!

GOSTOU?

Você certamente já ouviu falar de algumas dietas radicais, muito em alta atualmente, como Atkins, Ravenna e Dukan, correto? Outro método que tem se tornado bastante conhecido no Brasil é a dieta Pronokal, também chamada de dieta da NASA.

Criado na Espanha e já presente em pelo menos 15 países, o método tem como principal diferencial a observância de um programa personalizado, realizado sob rigoroso acompanhamento médico.

dieta da nasa

O método foi desenvolvido pela empresa Pronokal, com base nas pesquisas de George L. Blackburn, pesquisador da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Blackburn descobriu que o organismo consegue transformar a gordura armazenada em energia quando submetido à ingestão de uma quantidade específica de proteínas com alto valor biológico.

Dessa forma, a dieta da NASA, como muitas outras, baseia-se no alto consumo de proteínas, em detrimento dos carboidratos e gorduras.

Porém, a diferença é que, na Pronokal, o consumo do macronutriente é controlado por meio de um cálculo individualizado, responsável por determinar a quantidade de proteínas diárias indicada para cada paciente.

Assim como as outras dietas hiperproteicas, a dieta da NASA é cetogênica, realizando-se mediante o consumo de suplementação vitamínica e substitutos alimentares.

Entretanto, o sistema não aconselha o aumento excessivo da ingestão de proteínas, prática que costuma prejudicar os rins e o fígado, além de sobrecarregar o metabolismo.

Como Funciona a Dieta da Nasa:

Como acontece no caso da dieta Dukan, a dieta da NASA Pronokal é composta por fases. O objetivo é perder 80 % do total do peso desejado na primeira e na segunda etapa e os restantes 20% na etapa 3. Confira quais são as etapas da dieta da NASA e as respetivas fases:

Etapa 1: Ativa

Fase 1 – Na fase 1, é recomendado que a pessoa consuma entre 4 e 6 refeições por dia. As refeições incluem apenas sachês de diferentes sabores, e 100 gramas de legumes (50 no almoço + 50 no jantar).

Apenas são permitidos temperos desidratados. Nesta fase, o corpo sofre uma ressaca dos carboidratos, o que pode provocar mau humor. O corpo passa por um processo de habituação chamado de cetose.

Fase 2a e 2b – Na segunda fase, os sachês de jantar e almoço são substituídos por 2 ovos ou carnes magras e as quantidades de legumes são mantidas.

Etapa 2: Adaptação:

Fase 3 – Na fase 3, o sachê do café da manhã é substituído por 1 iogurte desnatado + 1 fatia de pão integral + 1 peça de fruta + chá ou café.

Nessa fase (que dura apenas 3 dias), é normal inchar um pouco uma vez que você volta a consumir carboidrato.

Fase 4 – Na fase 4, todas as frutas voltam a ser permitidas na dieta (exceto o abacate, que é hipercalórico) no lanche, que é acompanhado de um sachê de proteína e no café da manhã.

Fase 5, 6 e 7 – Nas seguintes fases, você pode voltar a ingerir os alimentos proibidos gradualmente.

nasa dieta

Comece por uma fatia de pão integral no almoço e no jantar e reintroduza feijões e cereais três vezes por semana. Na fase 7, voltam os alimentos mais gordurosos (mas saudáveis), como o salmão.

Etapa 3: Manutenção

Fase 8 – Na fase 8, você poderá comer de tudo se respeitar as quantidades e momentos para cada alimento. A Pronokal providencia apoio nutricional nessa fase, que dura 2 anos.

Atenção: Estes valores podem variar de caso para caso, por isso siga sempre as recomendações do seu médico Pronokal.

Contraindicações:

A dieta da NASA Pronokal não é indicada para:

  • Pessoas com menos de 16 anos;
  • Mulheres grávidas ou lactantes;
  • Pessoas com distúrbios psiquiátricos (como bipolaridade ou esquizofrenia);
  • Pessoas com problemas de drogas ou alcoolismo;
  • Pessoas com instabilidade emocional;
  • Pessoas com bulimia;
  • Pessoas com diabetes do tipo 1;
  • Pessoas com insuficiência hepática e renal;
  • Pessoas com câncer;
  • Pessoas com doenças cardíacas.

Add Comment

Clique aqui para postar um comentário

Tunadosnet
MimoKids
Portal Dicas